CENTRAL DE NOTÍCIAS


13/11/2009

Programa de Reciclagem de Pilhas e Baterias



O Brasil já recicla volumes expressivos de papel, plásticos, vidros, alumínio, ferro e outros materiais. Contudo, reciclar pilhas e baterias esgotadas ainda não é uma prática comum entre nós. Além disso, descartá-las de forma incorreta é extremamente perigoso. Os metais pesados existentes em seu interior não se degradam e são extremamente nocivos à saúde e ao meio ambiente. Pilhas e baterias depositadas em lixões e aterros sanitários, podem vazar e contaminar o lençol freático, solo, rios e alimentos.
Uma pilha comum contém, geralmente, três metais pesados: zinco, chumbo e manganês, além de substâncias perigosas como o cádmio, o cloreto de amônia e o negro de acetileno. A pilha alcalina contém também o mercúrio, uma das substâncias mais tóxicas que se conhece.
Participe da nossa campanha e faça a destinação correta desse material. Nossa biblioteca já tem um coletor para esse material.
Divulgue essa ideia.







Newsletter ASSER Rio Claro
Deixe seu email e receba nossas novidades »