CENTRAL DE NOTÍCIAS


22/09/2016

ASSER abre os portões para a Semana do Ensino Responsável



A faculdade ASSER promoveu, entre os dias 12 e 17 de setembro, a Semana do Ensino Responsável, com atividades voltadas aos alunos matriculados nas graduações, além de abrir as portas para a comunidade local. O ponto alto da semana foi no sábado, 17, com abordagens que envolveram os mais diversos cursos oferecidos pela entidade de ensino. A iniciativa foi uma campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular, coma mostra de ações promovidas por instituições socialmente responsáveis.

Foram apresentados projetos por meio de atividades culturais, esportivas, além de atendimentos gratuitos. A programação contou com orientações às pessoas em como regularizar imóveis, sobre hábitos alimentares, como se apresentar em uma entrevista profissional. Além disso, alunos e professores avaliaram questões posturais, tais como orientações posturais e avaliação de marcha, atividades de relaxamento mental e alívios e dores na coluna.Dentre as oficinas, houve brincadeiras tradicionais, oficina de material reciclado e contação de história.

De acordo com a vice-diretora da ASSER e coordenadora do curso de Pedagogia, prof. Daniela de Abreu, "no momento em que se abrem as portas à comunidade é possível mostrar as atividades que são realizadas durante o ano todo pela faculdade", seja nos cursos de extensão, graduação ou pós graduação. Nesta edição, a Semana do Ensino Responsável trouxe uma novidade, o descarte consciente de medicamentos. "O convite à comunidade permanece para conhecer os programa disponíveis", acrescentou.

Houve também apresentação do grupo de mulheres dançarinas da terceira idade, que representam o município em campeonatos de notoriedade na região, como o JORI. Há cerca de 3 anos juntas, o grupo costuma ensaiar nas dependências da faculdade e acredita nos benefícios de atividades físicas para qualquer idade. Para a coordenadora do grupo, Maria Gama, o contato com a comunidade e os alunos é sempre muito bom, para apresentar a cultura e arte por meio da dança.

Jovens Aprendizes

O grupo que oferece cursos em Santa Gertrudes, Associação Beneficente Social das Acácias (ABSA) Guarda Mirim, esteve presente com jovens aprendizes sob a coordenação da pedagoga Adriana Scatolin. Conforme a pedagoga, a ideia de visitar a faculdade surgiu da necessidade de "novos horizontes educativos para os jovens aprendizes", da instituição, seguindo a faixa etária assistida.

"Fomos muito bem recebidos por todos e muitos de nossos aprendizes pretendem seguir nas áreas apresentadas", comentou Adriana, dizendo que o convite proporcionou aos participantes novas ideias de caminhos profissionais. Para Denilson Lopes de Sousa, que gostou muito da visita, a explanação de cursos propostos possibilita maior noção da escolha da faculdade. A aprendiz Danielli Garcia Castilho se sentiu satisfeita, pois esclareceu dúvidas a respeito dos cursos, com ênfase nos cursos de nutrição e farmácia.






Newsletter ASSER
Rio Claro

Deixe seu email e receba nossas novidades »