CENTRAL DE NOTÍCIAS


16/03/2016

ESPECIALISTAS APONTAM QUE PROFISSÕES LIGADAS À TI SERÃO DESTAQU



ESPECIALISTAS APONTAM QUE PROFISSÕES LIGADAS À TI SERÃO DESTAQUES EM 2016 Para atender à demanda, ASSER adapta o curso de Sistemas de Informação e apresenta nova grade O ano de 2015 se encerrou com dados preocupantes de Mercado em virtude da recessão econômica. No entanto, especialistas apontam que haverá profissões, em 2016, que podem oferecer oportunidades aos brasileiros. Cinco áreas são apontadas pela revista Época Negócios, sendo essas Logística, Tecnologia da Informação (TI), Finanças, Jurídico e Marketing Digital. Em se tratando da área de TI, observa-se que os salários iniciais para estagiários e profissionais juniores podem iniciar em R$ 2.000,00 e chegar a valores mais altos podendo checar de R$ 7.000,00 a R$ 10.000,00. De acordo com o Guia Salarial, todas as empresas demandarão profissionais de Tecnologia da Informação, dada a utilização de tecnologia. Ademais, a área de TI pode trazer reduções de custo, além de aumentar ganhos, devido à sua eficiência operacional. Funções como analista de infraestrutura, gerente de tecnologia são algumas das opções para os que desejam ingressar nesse segmento. Novas demandas, novas atribuições Seguindo às tendências do mercado nacional, a região de Rio Claro carece de profissionais da área de Tecnologia, dada a crescente demanda do setor. Conforme destacou o coordenador do curso de Sistema de Informação das faculdades ASSER, Prof. Dr. Erik Aceiro Antonio, diante da constatação da necessidade de profissionais aptos para atuar na região houve a necessidade de reformular a grade, com o objetivo de adequá-la aos novos desafios por e atrair atenção para a formação de novos profissionais. De acordo com o Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação, o Brasil atingiu a proporção de 50% da população total com dispositivos conectados à Internet. Dado que demonstra o aumento do número de pessoas envolvidos com produtos relacionados à Tecnologia e ao ciberespaço. "A intenção é que desde o primeiro ano da graduação, os alunos se familiarizem com linguagens e tecnologias que estejam de acordo com o que existe em empresas e no dia a dia dos alunos", ressaltou o coordenador pontuando que as disciplinas visam despertar a motivação pela área. A nova grade acrescentou à formação disciplinas como o "Desenvolvimento de Games", que com base no conhecimento de lógica e algoritmo os alunos sejam capacitados a desenvolver jogos em especial para Internet e dispositivos móveis segundo Erik, aplicando o conhecimento teórico de um modo dinâmico e mais próximo da realidade do aluno. "Por exemplo, em grades antigas são passados fundamentos de lógica estruturada ao longo de vários semestres, o que torna um pouco difícil de motivar e despertar o interesse dos alunos durante o curso. No entanto, agora, com o uso de Orientação a Objetos e linguagens para web como HTML 5 e JavaScript é possível apresentar para os alunos os mesmos conceitos de programação estruturada só que de uma maneira que os motive no aprendizado", destacou. A indispensável fase da formação Para atuação na área de TI, alguns especialistas no assunto afirmam não ser preciso habilitação em uma área de computação, conforme publicação na revista Pense Empregos. Em contrapartida, Erik acredita ser imprescindível o conhecimento teórico concomitante ao prático. "Alunos que já trabalham na área demonstram grande desenvoltura, mas em muitos casos falta embasamento teórico, por isso é importante que haja a formação", explicou o coordenador dizendo que a estrutura acadêmica da ASSER oferece tal possibilidade de, no decorrer do curso, desenvolver projetos a partir do que é ensinado em sala de aula. Foi a partir do curso de Sistemas de Informação que Edgard José Zadra pode se voltar à área que tem mais afinidade: análise e desenvolvimento de sistemas e engenharia de software. Atualmente Zadra trabalha em uma empresa do ramo de helicópteros desenvolvendo soluções para aviação. "O curso me agregou conhecimento e me ajudou a discernir minhas aptidões", destacou o ex-aluno sobre a importância que a graduação lhe propiciou. O curso de Sistemas de Informação tem frequentemente inovado e investido em eventos e parcerias com empresas e grupos de TI, sendo um deles grupo DevRioClaro que vem promovendo constantes encontros na faculdade. Além de outras como Ci&T, SISMAT/TI e Consultoria, MAPPA, como ainda por meio de programas de estágios com a Unesp de Rio Claro e UFSCar. Consolidação Profissional Os passos foram dados gradativamente por Márcio André de Oliveira Garcia em sua trajetória profissional. Se hoje o trabalho consiste em ser programador na sustentação nos sistemas WEB de uma rede Odontológica, em São Carlos, o início, no entanto foi viabilizado em grande parte pela o aprendizado na faculdade: "o curso me proporcionou a vivência do aprendizado ligado às boas práticas de programação exigidas no dia a dia". Enquanto que Luis Fernando Pimenta e Christeffer Torchia, ex-alunos do curso de Sistemas de Informação, atualmente estão a frente de uma Startup em Rio Claro responsável pela criação de um aplicativo que propõe gerar economia financeira para usuários. "O aplicativo consiste em informar ao usuário o preço mais em conta de algum produto que ele esteja procurando, e também o local onde esse produto está sendo vendido", disse Pimenta. Torchia diz que haverá ferramentas a fim de filtrar determinadas características, como descrição, anunciante, ele acrescenta: "a ideia é que aos poucos o aplicativo substitua os panfletos e folders, reduzindo gastos e contribuindo com o meio ambiente".






Newsletter ASSER
Rio Claro

Deixe seu email e receba nossas novidades »