CENTRAL DE NOTÍCIAS


21/03/2013

22 DE MARÇO - DIA MUNDIAL DA ÁGUA



Ano Internacional da Cooperação pela Água

Ao observarmos o crescimento urbano de Rio Claro entendemos que se faz necessário refletirmos sobre a disponibilidade e qualidade de nossos recursos hídricos, visto que esses são fundamentais para que esse processo se dê de forma adequada e com responsabilidade, visando não somente a qualidade de vida, mas também condições adequadas à urbanização, industrialização e agricultura.
Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 1 bilhão de pessoas não dispõem hoje do mínimo de água recomendada para as  necessidades básicas de sobrevivência – matar a sede, cozinhar e fazer a higiene pessoal. A estimativa é que, em 2025, a multidão de sedentos chegue a 1,8 bilhões de pessoas. Para tentar mudar essa realidade a ONU proclamou 2013 como o Ano internacional da Cooperação pela Água.
O Brasil detém sozinho 16% do total das reservas de água doce do planeta. Possuindo, ao mesmo tempo, o maior rio e o maior aquífero subterrâneo do mundo. Outro fator é que apresenta, também, índices recordes de chuva. Porém toda essa água não garante abundância e, como todos sabem, suas maiores cidades sofrem racionamento deste recurso.
O que acontece? O problema pode estar no mau gerenciamento, rios degradados, índices de perdas nas companhias de água e falta de solidariedade por parte das pessoas quanto ao desperdício, somado ainda, ao crescimento desordenado das cidades. Neste contexto cabe uma reflexão: O que fazer?

Objetivo geral:

• Socializar conhecimentos a partir da realidade dos recursos hídricos da Bacia Hidrográfica do PCJ, enfocando os rios que percorrem Rio Claro, abordando a disponibilidade hídrica, enquadramento dos corpos d’água em classes de uso, captação, desperdício e poluição, apontando melhorias que o município realiza para solucionar os problemas.

Objetivo específico:

• Sensibilizar e informar quanto à importância da “água” no desenvolvimento da cidade sem comprometer sua disponibilidade e qualidade.
• Apresentar o Plano de Bacias Hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí -2010 a 2020.
• Refletir sobre a qualidade e a quantidade da água disponível no município de Rio Claro, discutindo a importância da Bacia Hidrográfica e a preservação das nascentes;
•  Refletir sobre a qualidade da água que estamos consumindo.
• Lançamento do projeto “Ação responsável, por uma vida saudável”. (Secretaria da Agricultura, Saúde, Educação e SEPLADEMA).
• Lançamento do projeto Book “A beleza do mundo no olhar da criança”.
• Apresentar ações educativas com enfoque ambiental que estarão sendo desenvolvidas durante o ano de 2013 que culminarão no evento de encerramento da semana da água, na última semana de setembro.

Dinâmica sensibilização: Mensagens ao vento e apresentação cultural do projeto :Amizade e Vida  da Coordenadora :Marineide Carrará.

Publico alvo: Diretores, Professores Coordenadores, funcionários.

Entrega do material de apoio as escolas: CD musical, CDs do Glossário Ambiental e Florestal, Livro do Comitê PCJ Plano de Bacias Hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí - 2010 a 2020.

Local: Auditório do refeitório do NAM

Cronograma do período da manhã:

Recepção com café: 8h00 às 8h30
Palavra das autoridades: 8h30 às 10h00
Lançamento dos projetos: 10h00 às 10h20
Momento dengue
Palestra: “Educação e Água” 10h30 às 11h10
Palavra final: 11h10 as 11h30

Cronograma do período da tarde:

Abertura: Apresentação artística de alunos do projeto Amizade e Vida
Ação: Despoluição do Córrego da Servidão- Elaine Aparecida  knothe (Foz do Brasil)
Mesa temática: participação de especialistas que estarão abordando questões sobre Bacia Hidrográfica, quanto à disponibilidade, tratamento, poluição e substâncias nocivas.

Palestrante: Doutora Sâmia Tauk Tornisielo
Possui graduação em História Natural pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro (1968) e doutorado em Bioquímica de Microrganismos pela FFCL de Rio Claro (1973), isolando e identificando (com determinação do DNA) bactérias que vivem em ninhos de formigas cortadeiras (saúvas). Realizou Pós-Doctor no Instituto Centroamericano de Tecnologia Industrial (ICAITI), na Guatemala, Guatemala/CA (1979), em dois projetos: uso do suco da polpa de café para produção de proteína microbiana e utilizando polpa de café como adubo orgânico, após tratamento por meio de compostagem.

Palestrante: Silézia Doralice Pessoa Ramos
Farmacêutica-Bioquímica, Lotada no Centro de Laboratório Regional de Rio Claro do Instituto Adolfo Lutz
Tema: "Qual a Qualidade da Água que estamos consumindo?"

Palestrante: Maria Luísa Bonazzi Palmieri
Especialista ambiental.
Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.
Instituto Florestal - Estação Experimental de Tupi.

Organização: Secretaria Municipal da Educação através Centro de Aperfeiçoamento Pedagógico (CAP)

Secretarias Envolvidas: Secretaria Municipal da Saúde, SEPLADEMA, IEC Zoonoses, Secretaria da Agricultura, FSSRC, Ação Social.

Colaborador: Roberto Foresti Junior SEPLADEMA
Colaboradora: Francielle Calixto Sodelli Graduando em Geografia Integral - UNESP Rio Claro, Membro da Coordenadoria de Projetos Sociais da empresa Geoplan Júnior - UNESP Rio Claro e Estagiário na Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Silvicultura.  Rio Claro - São Paulo BR
Apoio: Foz do Brasil e Bio-Vida

 

 Secretaria Municipal da Educação
Centro de Aperfeiçoamento Pedagógico
Coordenadoria Ambiental







Newsletter ASSER
Rio Claro

Deixe seu email e receba nossas novidades »